Confira nossa lista com os top 20 lugares imperdíveis para conhecer na Austrália

Anterior
Próximo

A Austrália reúne lugares incríveis e que merecem uma visita por sua singularidade, beleza e aventura. Para quem pretende fazer turismo pelo país, o blog “Tudo sobre intercâmbio” fez uma lista com os top 20 lugares imperdíveis na Austrália. É óbio que há mais de 20, mas fica aqui nossa dica. E para você, há um lugar especial na terra dos cangurus?

Embarque nesta viagem!

1- 12 Apóstolos

Nos arredores de Melbourne estão os 12 Apóstolos, colunas de arenito de até 45 metros de altura que se desprenderam do continente ao longo de milhares de anos. As oito que restam integram o Parque Nacional Port Campbell. Para visitar o local, a viagem passa pela Great Ocean Road, umas das rodovias mais cênicas do mundo!

12-apostolos

 

2- Baía de Sydney

Um dos cenários mais fotografados do mundo, a Baía de Sydney é um ponto turístico que reúne dos dos mais icônicos símbolos da Austrália, a Sydney Opera House e a Sydney Harbour Bridge. Nas águas da Baía de Sydney acontece também uma das mais belas e impressionantes festas de reveillon do mundo. Sem dúvida um dos lugares imperdíveis na Austrália

Sydney

 

3- Grande Barreira de Corais

Eleita Patrimônio Mundial da Humanidade em 1981 pela Unesco, agência da Organização das Nações Unidas (ONU), a Grande Barreira de Corais possui 2900 km de extensão entre a costa australiana de Queensland até as ilhas da Papua Nova Guiné, na Ásia. É a única obra de arte da natureza visível do espaço. No local está a conhecida Heart Reef, corais em formato de coração próxima as Ilhas Whitsundays.

Heart-Reef

 

4- Uluru

O Uluru (ou Ayers Rock) é um monolito de 348 metros de altura e 9,4 km de circunferência. Local sagrado para os aborígenes, está situado dentro do Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta, na região de Alice Springs, ao Sul do Northern Territory. Destaque para os tons de vermelho que mudam de acordo com a intensidade da luz do sol.

Uluru

barra-orcamento-post

5- Blue Mountains

A Blue Mountains é uma cadeia montanhosa nos arredores de Sydney. Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, possui 1 milhão de hectares de florestas, penhascos de arenito, canions, cachoeiras, cavernas e cerrado. É possível fazer caminhadas para as Three Sisters, formação rochosa de Blue Mountains ou para as cachoeiras Wentworth.

Blue-Mountains

 

6- Ningaloo Reef

Na costa Oeste, o destaque vai para o Ningaloo Reef, Patrimônio Mundial da Unesco. Com 260 quilômetros de comprimento é o maior recife de coral exclusivo da Austrália e o único grande recife acessível da praia. No local é possível encontrar o mais peixe do mundo, o tubarão-baleia. Não precisa ter medo, pois ele só come plânctons. Veja foto e entenderá que realmente é um dos lugares imperdíveis na Austrália.

Ningaloo-Reef

 

7- Karijini National Park

Segundo maior parque nacional de Western Australia, o Karijini National Park é uma beleza natural muito visitada no Oeste australiano. O parque possui gargantas, lagos naturais e cachoeiras aptos a serem visitados a pé ou com a ajuda de um carro comum ou 4WD. Fique atento para cangurus vermelhos, cangurus de pedra, equidnas, lagartos, dingos, morcegos, entre outros. Você pode acessar o parque por Tom Price, Roebourne, Port Hedland ou Newman.

Karijini-National-Park

 

8- Byron Bay

Cidade mais ao leste da Austrália, Byron Bay agrega em um mesmo lugar a cultura do surf, beleza natural com florestas tropicais e ótima culinária. Para chegar até lá, não deixe de usar a Rota Turística do Pacífico, saindo de Sydney ou Brisbane e visitar os parques nacionais na Rainforest Way.

Byron-Bay

 

9- The Pinnacles

No Parque Nacional de Nambung, ao norte de Perth, em Western Australia, está The Pinnacles formações de pedra calcária oriundo de conchas em uma época que toda essa área estava debaixo d’água. Alguns são tão altos que chegam a três metros e meio. A melhor maneira de acessar a área é pela cidade de Cervantes.

Pinnacles

 

10- Wave Rock

Formação rochosa em formato de onda, a Wave Rock vem de tempos pré-históricos. São 14 metros de altura e 110 de comprimento. É o lado norte de uma colina de granito a 3 km de Hyden, a Leste de Perth. A atração é a mais conhecida de um grupo maior de rochas em formato de onda da região.

Wave-Rock

 

11- Kangaroo Valley

Kangaroo Valley está estrategicamente entre as montanhas Cambewarra e Barrengarry, na região de Illawarra em New South Wales. A menos de duas horas de Canberra e Sydney, possui muito verde, montanhas pitorescas e ótimas áreas para caminhada. Kangaroo Valley oferece o local perfeito para fugir da agitação da vida da cidade.

kangaroovalley

 

12- Kakadu National Park

O Parque Nacional de Kakadu é Patrimônio da Humanidade da Unesco devido à sua grande contribuição pela preservação da cultura aborígene é um dos locais imperdíveis na Austrália. Localizada a 257 km a Oeste de Darwin, no Northern Territory, Kakadu possui grande beleza natural. Seus paredões de tons marrom e avermelhados conservam a arte dos australianos nativos pintada nas rochas. Aos aventureiros é possível fazer cruzeiros pelo rio East Alligator e pelas várzeas de Yellow Water.

Kakadu-National-Park

 

13- William Bay

William Bay National Park está ao Sul de Western Australia, próximo a Denmark. É caracterizado por águas verdes turquesa, praias de areia branca e imponentes rochas de granito. É um lugar perfeito para nadar, mergulhar, relaxar ou explorar.

williambay

 

14- Fraser Island

Patrimônio Natural da Unesco desde 1992, Fraser Island fica ao Norte de Brisbane. No local é possível encontrar natureza selvagem e infra estrutura rústica. Maior ilha de areia do mundo, o destaque vai para suas dunas, verdadeiras montanhas. Para chegar ao paraíso, basta pegar um ferry a partir da Herver Bay.

Fraser Island

 

15- Wineglass Bay

Visitar Wineglass Bay, na Tasmânia, é ter a oportunidade de conhecer uma das 10 principais praias do mundo. Localizada na península Freycinet, é muito procurada por casais em lua de mel ou turistas interessados em trekking. A baía está a aproximadamente duas horas de distância de carro ao norte de Hobart.

Wineglass-Bay

 

16- The Grampians

Visitar o Parque Nacional The Grampians é como entrar em uma máquina do tempo e ir direto para o passado, ao início da civilização. O parque, conhecido como Gariwerd pelos clãs aborígines que estão vinculados a este lugar há mais de 22.000 anos, é um dos sítios de arte rupestre australianos de maior valor cultural. A maior parte dos sites aborígines de Victoria está localizada no The Grampians.

The-Grampians

 

17- Cradle Mountain

Entre as muitas belezas da Tasmânia está Cradle Mountain. Parte do Patrimônio Mundial, a reserva ecológica possui paisagem diversificada e é habitat rico para a vida selvagem, incluindo demônios da Tasmânia, ornitorrincos, equidnas e várias espécies de aves. Aos amantes de caminhada, há uam gama de trilhas, desde o nível fácil ao avançado. Cradle Mountain é um 1,5 horas de carro a partir de Devonport e um 2,5 horas de carro de Launceston.

Cradle-Mountain

 

18- Kangaroo Island

Terceira maior ilha da Austrália, depois da Tasmânia e Melville, Kangaroo Island está no Sul de South Australia. A ilha é uma reserva natural, sendo o Flinders Chase National Park o maior e mais conhecido. No local é possível conhecer as Remarkable Rocks, esculturas naturais de pedra que se equilibram sobre uma pequena base, desafiando as leis da física. É possível ir até a ilha por diferentes serviços de ferry.

Kangaroo-Island

 

19- Homebush Bay

Sydney tem atrações mundialmente famosas, como a Opera House e a Harbour Bridge. Porém, há um local que recebe menos atenção, mas vale muito ser visitado. Próximo ao Parque Olímpico de Sydney, nas margens do rio Parramatta, Homebush Bay é um cemitério de navios que foram tomados pela natureza. Há pelo menos cinco grandes deles e outras embarcações menores.

Homebush-Bay

 

20- Coober Pedy

Coober Pedy é a maior fonte de opala do mundo. Situada no Norte de South Australia a cidade possuí características únicas. Devido ao intenso calor, Coober Pedy possuí uma série de abrigos e residências abaixo da terra. O nome “Coober Pedy” vem do termo aborígene local kupa-piti que significa “buraco do homem branco”.

Coober-Pedy

 

barra-orcamento-post